Diocese celebra Jubileu de Diamante

No domingo, dia 12 de junho, a Diocese Angelopolitana celebrou seu jubileu de diamante. Para marcar a passagem das seis décadas de criação e instalação da diocese, todas as paróquias realizaram a peregrinação da Cruz Missioneira, alusiva ao jubileu. As festividades culminaram na Santa Missa, domingo a tarde, presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Liro Vendelino Meurer, e concelebrada pelos padres da diocese. Representantes de diversas paróquias participaram da celebração.


Recordando a história:


Fruto do Concílio Vaticano II, a Diocese Angelopolitana ou Diocese de Santo Ângelo foi criada através bula papal Apostolorum Exemplo, do Santo Padre, o Papa São João XXIII, em 22 de maio de 1961. Em 20 de maio de 1962, foi ordenado seu primeiro Bispo, Dom Aloísio Lorscheider. E, aos 12 de junho de 1962, em Celebração Solene, foi instalada oficialmente a Diocese.

A sede da Diocese está no local da antiga fundação da Redução de Santo Ângelo. Atualmente a Diocese é constituída por 40 paróquias, rurais e urbanas, e mais de 1000 comunidades espalhadas por 47 municípios. Com um clero formado por mais de 50 padres, diocesanos e religiosos, a Diocese busca corresponder ao espírito conciliar no qual foi formada. Ao longo destes mais de 50 anos de história, a formação leiga sempre foi fortemente estimulada afim de atuarem ativamente nas diversas pastorais e movimentos presentes na Diocese. Nestes anos, foram Bispos desta Igreja:

1º Bispo - Dom Aloísio Lorscheider (1962 à 1973) - in memoriam

2º Bispo - Dom Estanislau Amadeu Kreutz (1973 à 2004) - in memoriam

3º Bispo - Dom José Clemente Weber (2004 à 2013) - Emérito

4º Bispo - Dom Liro Vendelino Meurer (2013 ...)

Com alegria e esperança, a Diocese de Santo Ângelo busca seguir o caminho de Jesus Cristo, em sintonia com a caminhada pastoral da Igreja Católica, sendo uma Igreja Povo de Deus. Confira as fotos:



Notícias em Destaque
Notícias Recentes