Ministros Extraordinários 

Na vida comunitária, os diversos ministérios leigos são complementares com os ordenados: bispos, presbíteros e diáconos. Todos procedem do mesmo Espírito e se destinam ao mesmo fim: a construção do Reino de Deus. Todos são subsidiários, complementares e se integram e se enriquecem reciprocamente. A Diocese Angelopolitana, desde o seu início, cuidou de providenciar também para os leigos uma formação religiosa e teológica mais aprofundada. Esta boa tradição permanece até hoje em nossa Igreja local. E ajudou muito a dinamizar a caminhada das comunidades.

 

Para favorecer mais a participação das pessoas na vida da Igreja, oportunizou-se o exercício dos ministérios leigos. Houve uma abertura inédita na provisão dos primeiros ministros extraordinários da Palavra e da Eucaristia. As mulheres também foram admitidas, mesmo havendo certa resistência. Hoje, quase a totalidade das comunidades tem sua ministra e ou ministro. Facilmente percebemos o imenso beneficio que representam, principalmente, aos enfermos e nos momentos dolorosos nas celebrações de exéquias. Com o passar dos anos, avançou-se para a provisão também de ministros extraordinários do Batismo e da assistência aos Matrimônios.

 

Ao todo, no âmbito da diocese, há em torno de 1.400 ministros leigos. Eles participam, em algumas paróquias, mensalmente, de encontros de formação. Anualmente, de retiros paroquiais, forânicos e, a partir de 2010, os ministros são convidados a participar de um retiro diocesano a cada três anos. O ministro é um membro ativo de sua comunidade, de sua paróquia e da diocese. Ele está próximo do povo e sente de forma única a sua necessidade. Assim, a Igreja Diocesana tem especial apreço e admiração por ele.

CÚRIA  DIOCESANA

Rua Marquês do Herval, 1113

CEP 98801-640

Caixa Postal 1090 - CEP 98801-610

Santo Ângelo - RS – Brasil

Tel.: 55 3313-5263; 55 3313-5308

Diocese logo original.png