Logomarca da Diocese

azzurro_polvere_2_edited_edited_edited.j

Silhueta das Ruínas de São Miguel

Cruz

Missioneira

Faixa em

esmeralda

Raios

em jalde 

Nome da Diocese

Faixa

em rubi

Elementos da Logomarca:

(passe o mouse sobre a logo)

Silhueta das Ruínas de São Miguel

Nome da

Diocese

O significado de cada elemento da Logomarca:

 

A logomarca da Diocese de Santo Ângelo é formada por 6 elementos muito significativos:

  • Envolvendo toda a logo encontramos a Silhueta das Ruínas da Igreja de São Miguel das Missões, representando a história da civilização jesuítico-guarani que nos precedeu nestas terras;

  • A Cruz Missioneira é o grande símbolo dessa região do Estado do Rio Grande do Sul. A Cruz recorda a redenção dos cristãos. Ao mesmo tempo, a Cruz Missioneira evoca a dimensão missionária da Igreja;

  • Envolvendo a Cruz temos, no campo inferior, uma faixa esmeralda (verde), simbolizando o Santo Anjo da Guarda, padroeiro da Diocese;

  • Ainda no campo inferior, em um segundo plano, envolvendo a Cruz Missioneira, temos uma faixa rubi (vermelha), simbolizando os Santos Mártires Missioneiros, São Roque Gonzales, Santo Afonso Rodrigues e São João de Castilhos, co-padroeiros da Diocese e primeiros evangelizadores das terras rio-grandenses;

  • No campo superior, coroando a Cruz Missioneira, temos seis raios em jalde (ouro) simbolizando as seis foranias ou áreas pastorais da Diocese: Santo Ângelo, Santa Rosa, Santo Cristo, São Luiz Gonzaga, Três de Maio e Cerro Largo;

  • O nome da Diocese completa a logo e a identidade da Igreja Particular de Santo Ângelo;