Pastoral Familiar

 

Para a Campanha da Fraternidade de 1994,  a CNBB escolheu como tema a família, como lema “A família como vai?”. Lançando um olhar sobre a realidade das famílias, percebeu mais claramente que essa entidade social não estava bem.

A nossa diocese vem lhes dando atenção especial nos seus Planos de Pastoral.

Qual a missão da Pastoral Familiar? Um dos maiores desafios para a Igreja é evangelizar os batizados. E é na família que são lançados os fundamentos da vida cristã. Portanto, é preciso trabalhar, ajudar as famílias para fazer de seu lar o lugar privilegiado para realizar a missão evangelizadora.

Tal iniciativa faz com que se preste atenção à situação em que vivem as famílias hoje. É necessário escutar com sincera abertura de espírito, ouvindo suas angústias, aspirações e interrogações, para posterior ajuda.

O trabalho desenvolvido pela Pastoral Familiar é amplo  e abrangente. Seu enfoque principal é promover, fortalecer e evangelizar as famílias. Realiza-se por meio de atividades que ajudam os noivos a descobrir as responsabilidades mais profundas de sua vocação matrimonial. Acompanha os casais na sua vivência matrimonial, refletindo com eles as exigências próprias da vida familiar.

A Pastoral Familiar é chamada a dar atenção especial às diferentes situações do conflito em que muitas famílias se encontram. Por difícil que se apresente a tarefa, trata-se de ser presença amigo e realizar gestos de apoio, acolhida e compreensão, impulsionada pelo espírito missionário do Bom Pastor.

A cada encontro realizado com casais, surge, cada vez mais, a certeza que há muito a fazer. As famílias estão sedentas de orientações seguras, tanto no que se refere ao relacionamento do casal como também no diz respeito à educação dos filhos.

Informações para Contato:

 

Diocese de Santo Ângelo, Rua Marques do Herval, 1113 - Santo Ângelo - RS
Fone: (55) 3313-5308