Santuário Missioneiro de Schoenstatt se prepara para os 25 anos

Um ano jubilar é um ano de graças especiais. Em outubro, o Santuário Missioneiro Tupaciretã, de Santo Ângelo, Rio Grande do Sul, tem a graça de completar 25 anos de existência. Dessa forma, a família de Schoenstatt ofereceu um presente a Mãe e Rainha: uma novena preparatória, que iniciou em janeiro, e a conquista do cetro, em sinal de gratidão e amor por tantas graças recebidas.

Nesta novena, ao longo dos meses, há um resgate da história do Santuário Missioneiro de Schoenstatt. Em janeiro começou com a preparação do terreno para a construção do Santuário, após sobre a colocação da Ermida e este mês a abordagem foi sobre o lançamento e benção da pedra fundamental. Posteriormente, a trajetória explanada será sobre a edificação do Santuário e suas partes, a coroação da Mãe três vezes Admirável, como Rainha Conquistadora dos Corações, a vinda do Símbolo do Pai, a Aliança de Amor na Diocese, os ramos do Movimento e a visita de João Luiz Pozzobon ao Santuário de Santo Ângelo. O material produzido é publicado todos os meses no facebook do Santuário Missioneiro.

Conquista do Cetro para a Mãe de Deus

Além disso, como sinal de gratidão e como um símbolo concreto de amor e fidelidade, outro grande presente para este ano jubilar é a conquista do cetro para a Mãe Rainha.

A entrega do cetro a Mãe de Deus, assim como a coroa, é um símbolo muito antigo que remete aos reis e rainhas e expressa o poder de Deus. “Ofertar o cetro é uma prova de confiança plena e de um elevado grau de fidelidade e doação. Esse presente representa o amor profundo da família de Schoenstatt pela Mãe Rainha”, afirma a presidenta do Conselho Diocesano e integrante do Movimento de Schoenstatt, Roselia da Rosa Lutchemeyer.

Para isso, todo dia 18, junto com a renovação da Aliança de Amor, a família de Schoenstatt é convidada a peregrinar fisicamente ao Santuário de Schoenstatt ou aos seus Santuários Lares, rezar a oração jubilar e levar as suas contribuições ao capital de graças. No dia do aniversário, em 12 de outubro, os envelopes entregues para o capital de graças serão recolhidos e levados até o Santuário para a queima, junto ao memorial dos heróis.

Notícias em Destaque