Pastoral Carcerária realiza assembleia estadual

Nos dias 23, 24 e 25 de setembro, os coordenadores diocesanos da Pastoral Carcerária estiveram reunidos em São Leopoldo, no CEPA - Centro de Espiritualidade Padre Arturo, para a XXVIII Assembleia Estadual. Este foi o primeiro encontro presencial da pastoral, a nível estadual, após a pandemia. O encontro reuniu representantes de 13 das 18 (Arqui) Dioceses no estado e contou com a participação do Bispo Referencial, Dom Liro Vendelino Meurer.

Na sexta-feira a tarde, após acolhida e oração, os agentes participaram de círculos de paz. No sábado, o dia iniciou com celebração presidida pelo Bispo de Novo Hamburgo, Dom João Francisco Salm. Os trabalhos seguiram com o Pe. Luciano Motti, que conduziu uma análise de conjuntura eclesial e social. Na parte da tarde, a Coordenadora Nacional para as Mulheres Presas, Rosilda Ribeiro, abordou a questão do cárcere feminino e das minorias (LGBTs, indígenas, etc). As atividades de sábado foram encerradas com a celebração de uma vigília pelos 50 anos da Pastoral Carcerária, na qual cada diocese fez memória de seus agentes de pastoral. No domingo, após a Missa presidida por Dom Liro, foram realizados encaminhamentos gerais e organizada a agenda para 2023. A assembleia encerrou ao meio dia com oração de ação de graças e bênção de envio.

Pela Diocese de Santo Ângelo estiveram participando, além de Dom Liro, o Pe. Leonardo Diekmann, de Santa Rosa, Rita Dolores Jung, de Santo Cristo, e Setembrina Machado, de Santo Ângelo. Confira as fotos:



Notícias em Destaque