Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes celebra 85 anos

Neste domingo, dia 07 de fevereiro a Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes, de Porto Lucena, celebrou a festa de sua padroeira e seus 85 anos de criação. A Santa Missa em ação de graças aconteceu na Igreja Matriz e foi presidida pelo Pe. Leonardo Envall Diekmann e concelebrada pelo Pe. Jair Schnneider, pároco de Porto Lucena. A celebração foi antecedida por uma carreata que conduziu a imagem da padroeira pelas ruas da cidade. Após a missa foi concedida a bênção das velas, água e objetos de devoção.

A Paróquia foi criada em 02 março de 1936, por decreto de Dom Hermeto José Pinheiro, Bispo da Diocese de Uruguaiana. Hoje é formada por 32 comunidades distribuídas na cidade e no interior, nos municípios de Porto Lucena e Porto Vera Cruz.


Confira a história da Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes:


A história da Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes precede a criação dos municípios de Porto Lucena e Porto Vera Cruz, atual território paroquial. Esta região onde a paróquia está instalada foi ocupada no início do século XX, e se caracteriza por uma diversidade cultural, étnica e religiosa bastante grande. Neste contexto chegaram os primeiros imigrantes alemães, italianos, poloneses e suecos. Neste período, a sobrevivência foi buscada através do Rio Uruguai, por onde foi mantido, através do porto, o comércio de erva-mate, essências nativas e madeiras levadas em balsas a São Borja, Itaqui e Uruguaiana. Assim, a navegação fluvial pelo Rio Uruguai foi uma importante atividade para a economia local. E é da atividade com o rio que surge a escolha da Mãe dos Navegantes como padroeira da capela e, posteriormente, padroeira da paróquia.

Aos poucos formaram-se as primeiras vilas e povoados. As famílias unidas edificaram escolas para a educação dos filhos e igrejas para a vivência da fé. Os colonos passam a se dedicar à agricultura familiar. Aos poucos, espalhadas pelo interior, surgem as comunidades. Na época esta região era atendida pela Paróquia de São Borja, Diocese de Uruguaiana.

Com o tempo e a organização popular, o pequeno povoado de Porto Lucena cresceu, e em 02 março de 1936, por decreto de Dom Hermeto José Pinheiro, Bispo da Diocese de Uruguaiana, passava a ser a sede da Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes. A nova paróquia foi desmembrada das paróquias de Campina das Missões, Pirapó e Santo Cristo. Como primeiro pároco foi nomeado o Pe. Leopoldo Kuhn. Nestes 85 anos de caminhada pastoral paroquial foram párocos em Porto Lucena: Pe. Leão Hamerski, Pe. Hehmuth Sparrenberger, Pe. Adolfo Gallas, Pe. Fridolino Binsfeld, Pe. Otmar Friedrich, Pe. Alberto Spies, Pe. Afonso Seger, Pe. Eugênio Henz, Pe. Carlos Waldemar Maldaner, Pe. Joao A. Konzen, Pe. Roque Thume, Pe. Hugo Bieger, Pe. Mario Hoss, Pe. Joao Both, Pe. Alcido Kaiser, Pe. Albano Anschau , Pe. Ângelo Arnhold, Pe. Cassiano Czermameski, Pe. Guido A. Walter e atualmente, Pe. Jair Schneider.

Terra natal de diversas irmãs e padres, a Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes sempre contou com uma cultura vocacional muito presente. São naturais desta paróquia os padres Leopoldo Santinon - MSF, Lourival Bergmann, Moisés Furmann – MSF, Magnos Hartmann e Leonardo Envall Diekmann.

Além de uma cultura vocacional muito presente, a paróquia conta com grande número de lideranças leigas bem capacitadas, que dinamizam a vida das 32 comunidades. Nos últimos anos têm-se dado especial atenção ao processo de inserção no Itinerário da Iniciação à Vida Cristã e a realização de cursos de agentes de pastoral, escolas catequéticas e estudo bíblico.

Outra característica marcante desta paróquia é o empreendimento na organização da Rádio Navegantes, que iniciou suas transmissões no ano de 1967, com o então nome de Rádio São Miguel. Desde lá, a emissora passou por uma série de adaptações. Com o tempo a administração da emissora foi entregue aos cuidados de uma fundação. Atualmente, a paróquia usufrui de espaços na grade da emissora, onde diariamente realiza programas de reflexão e informação, e transmite a já histórica Santa Missa da Igreja Matriz de Porto Lucena, aos sábados à noite.

A paróquia foi fundamental para o desenvolvimento da região e do município. A partir do trabalho pastoral: foram criadas escolas; deu-se início à Frente Agrária que, mais tarde, veio a se tornar o Sindicato dos Trabalhadores Rurais; sob a liderança do Pe. Afonso Seger foi criada a primeira linha telefônica com as comunidades; a formação de lideranças leigas que muito contribuíram para o desenvolvimento social e comunitário local.

Todos os anos, no dia 02 de fevereiro, realiza-se a tradicional festa em honra à Nossa Senhora dos Navegantes em Porto Lucena e também em Porto Vera Cruz. A festividade atrai grande número de fiéis devotos da Mãe dos Navegantes.

Um povo, em sua maioria, humilde e simples, mas muito hospitaleiro que têm em sua fé católica à Senhora dos Navegantes a força para seguir em frente, superando os percalços do dia-a-dia, assim é o povo da querida Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes.



Notícias em Destaque
Notícias Recentes

CÚRIA  DIOCESANA

Rua Marquês do Herval, 1113

CEP 98801-640

Caixa Postal 1090 - CEP 98801-610

Santo Ângelo - RS – Brasil

Tel.: 55 3313-5263; 55 3313-5308

Diocese logo original.png