Pe. Luiz Weber, Missionário em Moçambique, partilha a realidade na Missão

21/07/2020

 

Há seis meses atuando na Missão ad gentes, em Moçambique, o Pe. Luiz José Weber, membro do clero diocesano de Santo Ângelo, vêm partilhar um pouco sobre este projeto missionário mantido pela Igreja do Rio Grande do Sul na África, quem são os missionários e como está organizado o atendimento pastoral. Confira a entrevista:

 

Pe. Luiz, quem são os missionários que atuam com o senhor? A quanto tempo já estão na missão?

 

Pe. Luiz: O projeto Missionário ad gentes, em Moçambique, é uma iniciativa do Regional Sul 3 da CNBB. Este ano o projeto completa 26 anos de existência. Ao longo dessa história, diversos missionários/as  leigos, sacerdotes e religiosos já se disponibilizaram em colaborar com a missão. Atualmente somos em 4 missionários: dois padres e duas leigas: Rita de Cássia Patrom Bandeira, da Diocese de Bagé, Rio Grande do Sul, está aqui na missão há 2 anos e 7 meses; Pe. Jucelino Martins de Pinho, da Diocese de Serrinha, Bahia, está aqui na missão há 1 ano e 6 meses; Maria Isabel Tromm, da Diocese de Joinville, Santa Catarina, está na missão há 1 ano e 1 mês; Eu, Pe. Luiz José Weber, da Diocese de Santo Ângelo, Rio Grande do Sul, estou na missão há 6 meses. Moramos em uma casa construída para acolher os missionários em Moma.

 

A equipe missionária atende a duas paróquias: São Paulo Apóstolo de Larde e São Miguel Arcanjo de Micane. Também colaboram com os trabalhos missionários em Micane, duas Irmãs da Congregação do Imaculado Coração de Maria.

 

Como está organizada a vida comunitária? Cada paróquia é composta por quantas comunidades? Como funciona o atendimento pastoral? Há periodicidade nas celebrações? Como são as liturgias (tempo, músicas, língua...)?

 

Pe. Luiz: Como já disse, a equipe missionária atende duas paróquias: São Paulo Apóstolo de Larde e São Miguel Arcanjo de Micane, pertencentes à Arquidiocese de Nampula.

 

A Paróquia São Paulo Apóstolo é composta por seis zonas e cada zona por 5 ou mais comunidades, que constituem um total de 47 comunidades.

 

A Paróquia São Miguel Arcanjo é formada por duas regiões. A primeira Região é de Jagoma, composta por 6 zonas. Cada zona é constituída por 5 ou mais comunidades, o que constitui um total de 38 comunidades. A segunda Região é de Micane, com 10 zonas, cada uma com 5 ou mais comunidades, completando um total de 68 comunidades. Portanto, a Paróquia é formada por 106 comunidades. Em cada paróquia acontecem 4 reuniões do conselho paroquial, nas quais são realizados os planejamentos, partilhas da caminhada, avaliações, estudos e tomadas as decisões da vida da paróquia. Fazem parte do conselho paroquial: animadores paroquiais, animadores das zonas, animadores paroquiais de todos os ministérios e a equipe missionária.

 

Em todas as comunidades estão organizados os seguintes ministérios com seus respectivos animadores: 1. Catequese; 2. Liturgia; 3. Saúde; 4. Mamas; 5. Vocações; 6. Ritos de iniciação masculino e feminino; 7. Educação; 8. Formadores; 9. Jovens; 10. Justiça e Paz; 11. Família. A equipe missionária é responsável pelo acompanhamento e a orientação destes ministérios. Assim, cada comunidade organiza sua caminhada e vida comunitária.

 

As liturgias e os cantos são vivos e animados. Todas as comunidades têm suas celebrações semanais bem preparadas dentro da cultura do povo local. Quando os padres e os demais membros da equipe missionária se fazem presentes sempre é celebrada a Missa, são ministrados os Sacramentos e, dentro do possível, são realizadas as formações a nível paroquial. Porém, devidos as distâncias e o grande número de comunidades, o atendimento é realizado por zonas. Muitas comunidades não chegam a ter uma missa por ano. Mesmo assim, a fé do povo não esmorece. Os encontros e celebrações são sempre muito festivos, bem animados. Geralmente duram mais de uma hora e meia, podendo chegar até quatro horas.

 

A Igreja moçambicana é coordenada e animada por leigos e leigas. Eles são os sujeitos e protagonistas na vida das comunidades paroquiais. Através da colaboração e comprometimento deles a participação é grande e intensa.

 

Aqui na missão, contamos sempre com as orações de todos os amigos.

 

Obrigado pela partilha, Pe. Luiz. Conte com nossas orações, nossa prece amiga. A Igreja de Santo Ângelo está em sintonia com o trabalho realizado pelo projeto missionário em Moçambique. Deus vos abençoe!

 

 

 

Please reload

Notícias em Destaque

Seminarista Leonardo Envall Diekmann é Ordenado Diácono em Giruá

3/8/2020

1/10
Please reload

Notícias Recentes
Please reload

CÚRIA  DIOCESANA

Rua Marquês do Herval, 1113

CEP 98801-640

Caixa Postal 1090 - CEP 98801-610

Santo Ângelo - RS – Brasil

Tel.: 55 3313-5263; 55 3313-5308

Diocese logo original.png