Filhas do Amor Divino: 100 anos de graças e bênçãos

19/07/2020

 

Há 100 anos, chegavam ao Brasil as primeiras Irmãs Filhas do Amor Divino. Na mala, apenas algumas roupas, livros e objetos pessoais. Mas, no coração, uma fé ardente e verdadeira, capaz de contagiar e levar as pessoas a presença de Deus. Para celebrar bem este jubileu, vejamos um pouco dessa história cheia de desafios e superações.

 

Em 1913, o Bispo da Diocese de Uruguaiana, Dom Hermeto Pinheiro, entrou em contato com a Madre Geral Ignácia Egger, através de uma carta dos Padres Anton Schimmöller, SJ e Joseph Lassberg, SJ, manifestando a alegria e a gratidão com que seriam recebidas às irmãs na Diocese de Uruguaiana e, especificamente na colônia alemã de Serro Azul. O diálogo entre o Bispo e a Congregação foi se estreitando e, em 1919, duas religiosas,  Irmãs Teresina Werner e Constantina Resch, foram destinadas a assumir a missão no Brasil.

 

 

Em 19 de abril de 1920, as duas Irmãs, juntamente com três jovens, Erna Eck, Hedwig Hardegg e Margarida Bayer Engel, saíram da Áustria em direção ao Brasil. Ao aportarem em terras brasileiras, as  Irmãs passaram por São Paulo, Novo Hamburgo, Uruguaiana, Santo Ângelo, até que, no dia 19 de julho, finalmente chegaram ao seu destino, o pequeno vilarejo de Serro Azul, hoje Cerro Largo/RS.

 

 

O Amor Divino, vivo e borbulhante no coração das missionárias, veio de um ambiente pós-guerra, a Europa empobrecida, para uma colônia formada por famílias provenientes das chamadas “Colônias Velhas”. Já no dia 15 de outubro, a primeira candidata brasileira, Luiza Gallas, se apresentou com a decisão de ser Filha do Amor Divino.

 

Desde o dia 19 de dezembro de 1938, a missão do Amor Divino no Sul do Brasil foi emancipada, sendo fundada a Província Nossa Senhora da Anunciação.

 

Hoje, a província conta com 35 comunidades religiosas espalhadas em cinco estados brasileiros (Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Goiás, Distrito Federal e Pará); uma comunidade na Itália e uma no Equador. Existem Irmãs Filhas do Amor Divino gaúchas em seis países (Itália, Áustria, Alemanha, Inglaterra, Uganda, Equador) e em três continentes (Americano, Europeu e Africano).

 

São 246 religiosas, Filhas do Amor Divino, que se dedicam na missão de “Revelar o Amor” em variadas atividades e campos apostólicos. Além disso, existem os grupos de leigos/as do Carisma do Amor Divino que, em variados ambientes, são anunciadores do bem, do amor e da paz.

 

Com muita alegria, a Diocese Angelopolitana rejubila de alegria com a Congregação das Irmãs Filhas do Amor Divino por este centenário de graças e bênçãos em terras brasileiras e, especificamente, em nossa Diocese.

 

Com informações do site das Filhas do Amor Divino.

Please reload

Notícias em Destaque

Seminarista Leonardo Envall Diekmann é Ordenado Diácono em Giruá

3/8/2020

1/10
Please reload

Notícias Recentes
Please reload

CÚRIA  DIOCESANA

Rua Marquês do Herval, 1113

CEP 98801-640

Caixa Postal 1090 - CEP 98801-610

Santo Ângelo - RS – Brasil

Tel.: 55 3313-5263; 55 3313-5308

Diocese logo original.png