Encontro do COMIDI para estudar ações missionárias

17/06/2019

      No dia 13 de junho, na Paróquia de Tucunduva, o Conselho Missionário da Diocese realizou importante reunião de espiritualização, relatos, proposições, deliberações e comunicações.

     O coordenador Professor Pedrinho fez relatos do COMIRE e da Assembleia da CNBB Sul 3 onde tinha participado. O Pe. Eugênio, pároco de Alecrim, coordenou a análise das prioridades da ação evangelizadora para a Igreja do RS 2019-2023.

     Duas questões foram aprofundadas numa dinâmica grupal: 1) Como incentivar maior participação na animação e cooperação missionária dos conselhos paroquiais e da Diocese, Comipas e Comidi. 2) Em relação às prioridades da  Ação Evangelizadora do RS, indicar propostas no pilar da ação missionária. Em síntese, algumas conclusões e propostas:

a) No próximo período realizar as reuniões do Comidi de forma mais distribuída na Diocese para facilitar a participação de todas as foranias e paróquias;

b) Realizar três reuniões anuais, ocupando todo dia para maior aprofundamento do estudo e reflexão;

c) O que fez surgir e deve continuar a incentivar as Comipas e Comidi são as Santas Missões Populares;

d) Que nas visitas pastorais do Bispo, na assembleia diocesana e nos conselhos, nos encontros de pastorais, dos ministros e presbíteros seja lembrado a importância do Comipa/Comidi/Comire, enfim da animação e cooperação missionária da Igreja;

e) Acontecem em muitas paróquias múltiplas ações missionárias, às vezes despercebidas ( celebrações de jubileus, encontros de formação de diversas pastorais, visitas à famílias, enfermos, missões e romarias, campanhas, movimentos sociais, etc.);

f) Incentivar as paróquias e comunidades-irmãs para ajuda e integração;

g) Reunir as diversas pastorais para relatos, avaliações e promover a unidade de ações;

h) Para formar futuras lideranças dar mais oportunidade aos jovens participar dos eventos pastorais (SMP, CEBs, congressos, celebrações, etc.);

i) Ser “Igreja em saída” significa que as pastorais, a cooperação e animação missionária devem envolver os diversos setores da comunidade: Escolas, hospitais, presídios, entidades culturais, movimentos sociais, etc.

j) Aperfeiçoar e usar a comunicação das ações missionárias (folder, acessar os sites da Diocese, POM, CNBB, etc).

    Cada paróquia relatou também as ações dentro da urgência da nossa Igreja em permanente estado de missão: Santas Missões Populares, Mês Missionário Extraordinário, missão Ad Gentes, Moçambique. Foi definida a representação da Diocese na Formação Missionária Estadual, de 12 a 14 de julho, em Santo Antônio da Patrulha. Finalizou-se com avaliação, compromissos e almoço.

 

Please reload

Notícias em Destaque

PARÓQUIA DE SÃO JOSÉ DO INHACORÁ SE PREPARA PARA SANTAS MISSÕES FRANCISCANAS

10/12/2019

1/8
Please reload

Notícias Recentes
Please reload

Informações para Contato:

 

Diocese de Santo Ângelo, Rua Marques do Herval, 1113 - Santo Ângelo - RS
Fone: (55) 3313-5308